NÚCLEO TECNOLÓGICO MUNICIPAL

quarta-feira, 26 de abril de 2017

quarta-feira, 22 de março de 2017

sexta-feira, 10 de março de 2017

Secretaria de Educação oferta vagas para curso gratuito de informática básica


A Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Cultura, por meio do Núcleo Tecnológico Municipal "Maria Tereza da Silveira Gava", abriu inscrições para o curso de "Inclusão Digital - Informática Básica". As aulas estão previstas para iniciar no dia 20 de março, sendo oferecidas tanto na sede do NTM, na rua das Primaveras, 4.667, no Jardim das Primaveras, quanto em todas as escolas municipais onde há laboratório de informática.
Para se inscrever os interessados devem procurar as unidades mais próximas de seus domicílios, portando documentos pessoais. Nas escolas do município o horário de atendimento vai das 7h às 11h e das 13h às 17h. Já no Núcleo Tecnológico entre 7:00 e 13:00. O curso é aberto à comunidade em geral acima de 15 anos (para as turmas que funcionarão no período diurno). Quem for frequentar as aulas no período noturno deve possuir acima de 17 anos.
O cronograma elaborado pelo Núcleo Tecnológico prevê a realização de aulas entre segunda-feira e quinta-feira, duas vezes na semana, totalizando 10 encontros (40 horas). As classes no sábado (uma vez na semana) também contarão com a mesma carga horária. Para mais informações os interessados podem procurar as escolas municipais, bem como o NTM. O telefone de contato do Núcleo Tecnológico Municipal é o 3511-1921.
Confira a relação das escolas onde o curso será realizado

Aleixo Schenatto, Armando Dias, Ana Cristina de Serra, José Reinaldo de Oliveira, Centro Educacional Lindolfo José Trierweiller, Leni Terezinha Benedetti (antiga escola Belo Ramo), Basiliano do Carmo de Jesus, Ver. Rodolfo Valter Kunze, Lizamara Aparecida Oliva de Almeida, Sadao Watanabe, Maria Aparecida Amaro de Souza, Uilibaldo Vieira Gobbo, Silvana, Taciara Balth Jordão (antiga escola Paraíso), Rodrigo Damasceno e Jurandir Liberino de Mesquita.
Fonte: Assessoria da Prefeitura

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

ABERTURA DA GESTÃO DA EDUCAÇÃO 2017/2020

A Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Cultura, realizou abertura do ano letivo e da Gestão da Prefeita Rosana Martinelli 2017/2010, neste dia 31 de janeiro /2017 com a acolhida das Equipes Gestoras das 35 Unidades Escolares da Rede Municipal de Sinop, no Salão de recepção da CDL/Sinop, onde compareceram os Diretores e Coordenadores Pedagógicos de toda a rede, com a presença da presidência do SINTEP na pessoa da Profª Maria Aparecida e Valdeir Pereira, do Conselho Municipal de Educação, Prof. Edemar Jorge Kamchen, da Diretora de Planejamento Educacional da SMEEC profª Alexandra Cortez, do Gestor da Diretoria de Esportes e Lazer da SMEEC Sr. Carlos Ribeiro Leite – o Carlão Coca Cola e Marineide Marques, da Gestora da Diversidade Cultural profª Letícia Vieira, da Representante da Prefeita e da Câmara de Vereadores, a Líder da prefeita profª Maria do Socorro Pereira Cruz, a Profª Branca, e ainda os servidores representantes dos Setores da Secretaria de Educação, contando com a grande acolhida da Secretária Municipal de Educação, Esportes e Cultura,  a Profª Veridiana Paganotti, que fez uma fala de como será esta gestão da Educação, contando com o grande trabalho em conjunto do Esportes e Lazer e a Diversidade Cultural para ampliar as ações em benefício da aprendizagem do aluno e atendimento a população de Sinop, abrilhantado com lindas músicas cantadas pelo aluno Fábio Luiz da Escola de Artes, o prof. Roberto da Fanfarra Municipal e Renato do Grupo Pagode/Arte.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Comissão de Educação aprova a Política Nacional de Leitura e Escrita

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou, nesta quarta-feira (14), o projeto de lei (PLS 212/2016) que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita. Segundo o texto, da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), a política deve funcionar como uma estratégia permanente para promover o livro, a leitura, a escrita, a literatura e as bibliotecas de acesso público no Brasil.
O relatório, favorável à matéria, preparado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), foi lido por Dário Berger (PMDB-SC). Agora o projeto seguirá a Plenário, para decisão final. De acordo com Fátima Bezerra, o objetivo principal da Política Nacional de Leitura e Escrita será democratizar o acesso ao livro e aos diversos suportes da leitura por meio de (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)       bibliotecas de acesso público, dentre outros espaços de incentivo à leitura, de forma a ampliar os acervos físicos e digitais e as condições de acessibilidade.
“Este projeto configura as bases institucionais para superarmos o caráter descontinuado e pulverizado com que as iniciativas de estímulo à leitura têm sido historicamente implementadas em nosso país”, argumentou a autora na justificação da proposta.
Diretrizes
A política terá como diretrizes a universalização do direito ao acesso ao livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas; o fortalecimento do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e articulação com as demais políticas de estímulo à leitura, ao conhecimento, às tecnologias e ao desenvolvimento educacional, cultural e social do país, especialmente com a Política Nacional do Livro.
O projeto estabelece que o Poder Executivo deverá elaborar o Plano Nacional de Leitura e Escrita. O parecer favorável do relator altera a periodicidade da elaboração desse plano, que passar a ser decenal, não mais de quatro em quatro anos. O relatório também alterou a data de entrega desse plano, que será até os seis primeiros meses do mandato presidencial, ao invés de ser até o fim do primeiro ano do mandato de acordo com o projeto original.
"Viva leitura"
A proposta estabelece ainda a criação do Prêmio Viva Leitura, que será concedido no âmbito da Política Nacional de Leitura e Escrita com o objetivo de estimular, fomentar e reconhecer as melhores experiências que promovam o livro, a leitura, a escrita, a literatura e as bibliotecas.

Fonte: Agência Senado