NÚCLEO TECNOLÓGICO MUNICIPAL

terça-feira, 12 de abril de 2011

Especialistas comentam por que é preciso valorizar o professor

Todos Pela Educação lançou campanha para dar foco à importância do magistério





Especialistas comentam por que é preciso valorizar o professor
 
Alexandre Ondir/TPE

Carolina Vilaverde
Da Redação do Todos Pela Educação
O Todos Pela Educação lançou, nesta terça-feira (12), a campanha “Um bom professor, um bom começo”, com o objetivo de valorizar o professor. Conheça a opinião de especialistas em Educação sobre a importância do magistério para a sociedade e para cada cidadão.
Os especialistas foram ouvidos no evento de lançamento, que aconteceu no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo. Conheça as opiniões abaixo.

Maria Cristina Ribeiro Pereira
Comunidade Educativa Cedac
A figura mais importante durante muitos anos na vida de uma pessoa é o professor. Se essa figura não é valorizada, há toda uma cadeia de dominó que vai se estragando ao longo dessa não valorização, pois uma criança é um ser que precisa e pode aprender muito. Quem se beneficia mais com uma campanha de valorização do professor é a criança: um professor desvalorizado implica uma Educação truncada lá na frente.
O caminho pra valorizar o professor é o salário, pois, enquanto não se pensar que um professor, que está com a grande responsabilidade de mudança de um País, ganha R$ 700, R$ 800, R$ 1.000, nada vai mudar.
A outra questão são políticas públicas que permitam, por exemplo, que o professor consiga livros a preço de custo, que consiga ir a espetáculos, ter acesso à cultura. Isso é fundamental. Plano de carreira é importante também e todos os governos estão pensando.


Antonio Matias
Itaú Social
Quando pensamos na Educação brasileira, e o grande desafio evidentemente é a Educação de qualidade pra todos, precisamos pensar em um pacto entre o professor e o aluno.
O professor é o centro de tudo na Educação. A aprendizagem vem dele, vem da forma como ele se prepara, da forma missionária como ele encara seu papel, da forma competente como ele procura transmitir conhecimento, procura provocar nas nossas crianças a vontade de aprender sempre, de buscar conhecimento. Qualquer tratamento de problemas da Educação, qualquer proposta de evolução de Educação, necessariamente tem que passar pela figura do professor.
E hoje no Brasil, nós precisamos mais do que nunca resgatar o sentido mais profundo da missão do professor, precisamos valorizar sua carreira, despertar a vontade de acreditar que eles podem transformar esse País.


Angela Dannemann
Fundação Victor Civita
Professor pra nós é a chave da eficácia da sala de aula. No momento em que a aula começa, e a porta da sala se fecha, o professor é a pessoa capaz de promover a aprendizagem dos alunos.
Um bom professor não é simplesmente uma pessoa com um dom divino, e sim aquele que estudou pra isso, que se preparou pra isso - tanto em conteúdo, quanto em metodologia. É aquele que prossegue se formando ao longo dos anos, e que deve ser respeitado como tal, como um profissional que age bem dentro da sala de aula, porque está bem formado e porque consegue trabalhar com os alunos.
Hoje, o bom professor tem que enfrentar muitas dificuldades, principalmente com relação à própria carreira, que não é socialmente respeitada, que não é financeiramente bem remunerada e que não tem um futuro muito longo, porque ainda não está desenvolvida no Brasil. E mais, as faculdades não estão formando esse profissional que precisa de bons conteúdos e boas metodologias que gerem eficácia na sala de aula.
Precisamos que as faculdades que formam pedagogos, licenciados e profissionais que vão atuar nas salas de aula, passem a olhar pra esse aspecto das práticas da sala de aula, com conteúdo e com metodologia. Não podem apenas tratar deles como se fossem futuros pesquisadores, falando de filosofia, de sociologia da Educação e de grandes teorias educacionais.


Sérgio Valente
DM9DDB
Sem um bom professor ninguém consegue fazer nada, porque ninguém nasce sabendo tudo, ninguém nasce “aprendido”. E aí, se as pessoas não começarem a reverenciar os verdadeiros artesãos, os verdadeiros criadores das pessoas de sucesso do Brasil, a gente não vai ter pessoas de sucesso ensinando e, consequentemente, daqui a algum tempo a gente não vai conseguir ter gente bacana fazendo nada.
Quer dizer, se a gente não tiver gente bacana ensinando, a gente não vai ter gente bacana formada. A pessoa que eu mais admiro é um bom professor.
A valorização tem a ver com salário, mas não acho que a recompensa seja só o salário, mesmo porque nenhum professor acha que a recompensa é só o salário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário