NÚCLEO TECNOLÓGICO MUNICIPAL

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Cidade Digital: mais de 518 mil serão investidos para a construção da sede

Fonte: Assecom
Autor: Claudia Lazarotto
 
O prefeito Juarez Costa assinou nesta manhã (26), a ordem de serviço para execução do prédio onde funcionará a sede do projeto Cidade Digital. No local que contará com uma estrutura de 189,85m², serão investidos R$ 518.550,71 de recursos próprios. A sede do projeto será no espaço situado na rua das Aroeiras, 20, Centro, cedido para a Prefeitura pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) em 30 de abril. O local conta com 455m². O prazo de execução da obra é de dez meses.

Presente no evento, o secretário de Finanças, Silvano Amaral, destacou que o local será a sede do programa que irá propiciar internet gratuita e ampliar as condições de segurança para a população. “Para conseguirmos trazer o Cidade Digital para Sinop contamos com o apoio do deputado Valtenir Pereira que se empenhou na liberação dos recursos e de toda a equipe da Prefeitura que montou e trabalhou nesse projeto. Serão 40 câmaras de segurança e 22 pontos de internet gratuita, via rádio, que qualquer pessoa poderá conectar seu notebook”, pontuou. Segundo o prefeito Juarez Costa, a disponibilização da internet gratuita irá ampliar “Condições de trabalho, de busca de conhecimento e qualificação profissional e de segurança para Sinop”.

No Programa Cidade Digital serão investidos R$ 10.527.000,00. A meta é  digitalizar e integrar Sinop. Do total de investimentos, R$ 10 milhões, são recursos provenientes do Ministério da Ciência e Tecnologia e R$ 527 mil de contrapartida da Prefeitura Municipal. O programa prevê a instalação de pontos de sinal de internet gratuita para famílias de baixa renda. O sinal será via rádio.

 Além do sinal de internet, o Cidade Digital prevê ações preventivas com serviços de monitoramento e a instalação de 40 câmaras de segurança na cidade e de 22 pontos de internet gratuita. As primeiras bases estão previstas para ser instaladas no Camping Club e Alto da Glória, para na seqüencia ser dada continuidade na região central. De acordo com o projeto, dez mil pessoas serão beneficiadas.