NÚCLEO TECNOLÓGICO MUNICIPAL

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

FORMAÇÃO EM TECNOLOGIA ASSISTIVA - 2014

O Núcleo Tecnológico Municipal “Maria Tereza da Silveira Gava” e o Departamento de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação iniciou no dia 21 de julho/14, a Formação Continuada em Tecnologias Assistivas para os professores que atuam nas Salas de Recursos Multifuncionais, com a participação e parceria do Instituto Criança com o objetivo de propiciar momento de estudo e reflexão sobre o uso das Tecnologias Assistivas, como suporte que facilitará a aprendizagem e autonomia do aluno com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades e superdotação. Este estudo vem de encontro com as necessidades dos professores da Rede Municipal de Ensino em operacionalizar os equipamentos e softwares disponibilizados para as Salas de Recursos Multifuncionais numa parceria MEC/SME para atendimento aos alunos com deficiência. 

De acordo com a definição proposta pelo Comitê de Ajudas Técnicas (CAT), tecnologia assistiva "é uma área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social. (CAT, 2007)

A tecnologia assistiva é um recurso ou uma estratégia utilizada para ampliar ou possibilitar a execução de uma atividade necessária e pretendida por uma pessoa com deficiência. Na perspectiva da educação inclusiva, a tecnologia assistiva é voltada a favorecer a participação do aluno com deficiência nas diversas atividades do cotidiano escolar, vinculadas aos objetivos educacionais comuns. São exemplos de tecnologia assistiva na escola os materiais escolares e pedagógicos acessíveis, a comunicação alternativa, os recursos de acessibilidade ao computador, os recursos para mobilidade, localização, a sinalização, o mobiliário que atenda às necessidades posturais, entre outros. 

A Secretaria de Educação Especial/MEC oferece equipamentos, mobiliários e materiais didático-pedagógicos e de acessibilidade para a organização das salas de recursos multifuncionais, de acordo com as demandas apresentadas pelas secretarias de educação dos municípios em cada plano de ações articuladas (PAR). A implantação de salas de recursos multifuncionais em escolas públicas de educação básica refere-se à doação, pelo Ministério da Educação, de equipamentos, mobiliários, materiais pedagógicos e de acessibilidade destinados a atender as especificidades educacionais de estudantes com deficiência. 

Afirma o prof. Nilton Matsui coordenador do Núcleo Tecnológico Municipal que as salas de recursos multifuncionais são importantíssimas no processo de aprendizagem das crianças com deficiência e as tecnologias assistivas são as ferramentas que apoiam o desenvolvimento do Atendimento Educacional Especializado de forma complementar e ou suplementar à escolarização desses estudantes no horário oposto ao que ele estuda, pois é como diz Radabaugh “para as pessoas, a tecnologia torna as coisas mais fáceis. Para as pessoas com deficiência, a tecnologia torna as coisas possíveis”.

No dia 08/12/14 teve o encontro de encerramento com atividades recreativas para os professores e observamos a necessidade de continuar a formação no próximo ano para atender a demanda e solicitação dos mesmos em relação a temas específicos de seu interesse.